18 de set de 2011

Religião


Podemos viver melhor, por mais tempo e confortavelmente
Então seja amoroso e respeitoso com a vida.
Você vive para amar, para desfrutar, para ser extático (estar em êxtase) – senão, por que viver?
Não existe nada mais sagrado do que a vida, nada mais divino.
Então perceba... A mente é a causa básica de todas as perguntas que surgem em você. Ela não pode ficar à vontade com as coisas tais como elas são – essa é a natureza da mente.
Mas colocar a mente de lado é algo muito simples – nada difícil. Tudo o que você precisa fazer é observar.
Tudo o que estiver acontecendo em sua mente, deixe, não tente interromper.
A coisa mais estranha a respeito da mente é que se você se torna um observador, ela começa a desaparecer.
Assim, meditação é simplesmente vigilância... Consciência.
Ao sentar em silêncio sem fazer nada, você simplesmente descobre aquilo que já está presente.
E o que está presente? Ao penetrar em si mesmo, você encontra um vasto infinito, tão imensamente belo, silencioso, repleto de luz...
E uma vez nesse espaço, você se revela uma pessoa totalmente nova, um novo ser humano.
Agora você tem sua face original. Todas as máscaras desapareceram.
Você viverá no mundo, mas não da mesma maneira. Estará entre as mesmas pessoas, mas não com a mesma atitude e a mesma abordagem.
Você viverá como o lótus: na água, porém absolutamente não tocado por ela.
Religião é a descoberta desta flor de lótus dentro de você.
Toda a nossa abordagem é para entregar você de volta a si mesmo.
Porque você foi roubado, encoberto, condicionado de todas as formas possíveis. Eles fecharam todas as portas que o levam a você mesmo.
Todo esse trabalho é simplesmente criar portas e janelas em você
E se suas paredes puderem ser removidas e você se tornar simplesmente um céu aberto, então você saberá o que é religião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.