26 de jun de 2011

Sugestões para iniciantes

Um bom espaço
Quando for tentar meditar, desligue o telefone, isole-se. Ponha um bilhete na porta para que durante uma hora ninguém bata, pois você está meditando. E, quando for para o local de meditação, tire os sapatos, pois estará caminhando em solo sagrado. Não tire só os sapatos, mas tudo o que o preocupa. Conscientemente, deixe tudo com os sapatos. Entre despreocupado.
É possível tirar uma hora por dia. Atribua vinte e três horas para suas ocupações, seus desejos, pensamentos, ambições, projeções. Tire uma hora de tudo isso e no fim descobrirá que aquela foi a única hora verdadeira de toda a sua vida. Uma única hora foi poupada e o restante se perdeu.

O lugar certo
Você deve encontrar um lugar que intensifique a meditação. Por exemplo, sentar sob uma árvore irá ajudar. Aproxime-se da natureza - vá para as montanhas, fique junto das árvores, dos rios, onde o tao ainda está fluindo, vibrando, pulsando, correndo. As árvores estão em constante meditação. Essa meditação é silenciosa, inconsciente.
Procure um lugar onde a natureza ainda não foi perturbada e poluída. Se não conseguir encontrar um lugar assim, então feche as portas de casa e sente-se no seu quarto. Se possível, reserve um aposento especial para a meditação. Por que especial para a meditação? Porque todo tipo de ação cria a sua própria vibração. Se você só meditar num lugar, esse lugar se tornará contemplativo. Se meditar diariamente, ele absorverá as suas vibrações quando estiver em meditação.
No dia seguinte, quando voltar lá, essas vibrações atuarão sobre você. Elas ajudam, retribuem e respondem.
Quando a árvore está bem enraizada, os ventos podem soprar, a chuva pode cair, as nuvens se cansam de produzir trovoadas e raios: tudo isso é bom. Dá integridade à árvore. Mas, quando a árvore é pequena e frágil, até mesmo uma criança ou um animal representam um perigo, pois podem destruí-la.

Fique à vontade
Sua postura deve permitir que você possa s esquecer do seu corpo. Quando se esquece do seu corpo, você está à vontade. Quando se lembra continuamente do corpo, não está à vontade. Não importa se você está sentado numa cadeira ou no chão - o importante é que a posição seja cômoda porque, se o seu corpo não estiver bem acomodado, você não poderá almejar outras bênçãos que pertencem a camadas mais profundas.

Comece pela catarse
Nunca digo às pessoas para começarem sentadas. Comece pelo que é fácil, do contrário você vai sentir coisas que não existem, sem necessidade.
Se começar sentando-se irá sentir uma grande perturbação interior. Quanto mais ficar sentado, mais se sentirá perturbado. Irá ampliar a percepção de sua mente insana e nada mais. Isso causa depressão e frustração, não o leva à felicidade.
Osho começa pela sua loucura, não pela postura de ficar sentado.
Ele dá espaço para a sua loucura. Se você dançar loucamente, acontecerá o oposto em seu interior. Com uma dança frenética, você começa a se conscientizar de um ponto silencioso no seu interior, mas, sentado em silêncio, irá conscientizar-se apenas da própria loucura. O oposto é sempre o ponto da percepção.
Se você dançar loucamente, caoticamente, chorando, respirando convulsivamente, então, você começa a se conscientizar de um ponto sutil, um ponto interior profundo que é silencioso e imóvel, em contraste com a loucura na superfície.
Começar com algum tipo de atividade - alguma coisa positiva, animada, movimentada - será o melhor. Você sentirá uma crescente serenidade interior e, à medida que ela aumentar, você poderá permanecer mais tempo sentado ou deitado. A meditação mais silenciosa será possível.
Uma técnica de meditação que começa com movimento e ação é benéfica também de outras maneiras. Torna-se uma catarse. Sentado, você se sentirá frustrado: a sua mente quer se mover, mas você permanece sentado. Cada músculo vibra, cada nervo vibra. Você está tentando forçar alguma coisa em si mesmo que não lhe é natural. Então você se divide em alguém que está forçando e um outro que está sendo forçado. A parte que está sendo forçada e reprimida será a parte mais autêntica.
A parte que está sendo reprimida deve realmente ser jogada fora, não reprimida. Tornou-se um acúmulo dentro de você, porque tem sido reprimida constantemente. Toda educação, integração, civilização é repressora. Você tem reprimido muita coisa que poderia ter sido facilmente descartada com uma educação diferente, com uma educação mais consciente, com pais mais informados.
A limpeza - uma catarse - deve ser a primeira coisa a ser feita. Comece pela catarse e algo muito bom nascerá dentro de você.
Algo que terá uma virtude e beleza diferentes e que será autêntico. Depois de colocar tudo para fora, sentar-se para meditar acontecerá naturalmente.
Quando o silêncio cai sobre você, quando ele desce sobre você, não é algo falso ou cultivado. Ele vem até você; acontece com você. Você começa a senti-lo no seu íntimo, como uma mãe sente seu filho se desenvolvendo em seu ventre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.