3 de jun de 2016

Mantendo contato com o coração


Respire suave e profundamente...
Lentamente procure sair da mente e leve sua atenção ao coração.
Sentir é vida real...
Pensar é impostura, porque pensar é sempre a respeito de algo, nunca a coisa real.
Não é pensar no vinho que pode torná-lo embriagado, é o vinho.
Você pode continuar pensando no vinho, porém, só pensando nele, nunca ficará embriagado.
Você terá de bebê-lo e o ato de beber ocorre por meio da sensação.
Pensar é uma falsa-atividade, uma atividade substituta.
Ela lhe proporciona uma sensação falsa de algo acontecendo e nada acontece.
Então, passe do pensar para o sentir e a melhor maneira será começar respirando com o coração.
Simplesmente respire profundamente.
Sinta a respiração o atingindo bem no meio do tórax.
Sinta como se toda a existência estivesse penetrando em você, no lugar onde se encontra o seu centro cardíaco.
Faça pelo menos cinco vezes...
Inspire o ar e preencha o coração.
Simplesmente o sinta no meio, que a existência está entrando pelo coração.
Vitalidade, vida, divino, natureza – tudo penetrando.
Expire então profundamente, de novo do coração e sinta que está extravasando tudo o que lhe foi proporcionado de volta para o divino, para a existência.
Isso o ajudará a mudar da cabeça para o coração.
Você se tornará cada vez mais sensível, cada vez mais consciente de muitas coisas das quais não estava antes.
Você usará mais o olfato, mais o paladar, sentirá mais o toque de suas mãos – tudo se tornará intenso.
Portanto, passe da cabeça para o coração e todos os seus sentidos se tornarão repentinamente luminosos.

Você começará a sentir a vida realmente pulsando em você, pronta para saltar e fluir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.