21 de jun de 2016

Espelho


Todo gênio é injustiçado, pois a própria existência dele reduz você a um retardado. Todo mestre iluminado é uma evidência de que você está vivendo na escuridão, de que você precisa transformar sua escuridão em vida, em luz.

E esta parece ser uma tarefa enorme – ela não é, porém aparenta ser uma tarefa enorme -, transformar sua cegueira em límpidos olhos perceptivos, transformar sua inconsciência, sua escuridão, numa bela luz da manhã. É uma coisa simples, mas justamente por ser simples, não atrai a mente. A mente está interessada em fazer grandes coisas. O desejo por detrás de toda a ambição da mente é o de ser especial. E você pode ser especial apenas com aquisições especiais.
O problema com o Zen é que ele deseja que você seja completamente simples, e não especial. Ele vai contra o próprio desejo da mente – um desejo de quatro milhões de anos, o qual todos estão carregando em diferentes vidas. A mente não pode compreender porque você deveria ser simples, quando poderia ser especial, não compreende porque você deveria ser humilde, quando poderia ser poderoso. E a mente é pesada, ela tem o grande peso do passado. No momento em que a mente vê alguém humilde, simples, natural, um Buda, imediatamente ela o condena, porque tal pessoa vai contra toda a constituição da mente humana. E de certa maneira a mente está certa. Para se tornar um Buda – um ser desperto, consciente – você terá que abandonar a mente completamente, terá que se tornar um espelho vazio.

A plena consciência não pode ser atingida, pois ela já é a sua natureza. Você precisa apenas relaxar e olhar dentro de você, e o Buda – o ser consciente já está ali, em seu esplendor absoluto. Ele é apenas um relembrar-se, como se você tivesse esquecido algo e de repente, num estado relaxado, você o lembra.

Antes de morrer, Gautama Buda disse a seus discípulos: “Não façam estátuas de mim, pois isso dará uma impressão errônea às pessoas, elas poderão pensar que apenas por sentarem na postura de Lótus poderão se tornar conscientes”. Mas quem dá ouvidos? Existem hoje mais estátuas de Buda do que de qualquer outra pessoa.
Deixe isso assim, que a consciência não tem forma; você precisa encontrá-la dentro de você. Você não pode encontrá-la dentro de uma estátua de Buda. Não distraia as pessoas com estátuas exteriores, pois a mente humana é tal que pode ser distraída por qualquer coisa, torna-se apegada a qualquer coisa”.
Você deve ir pra dentro. Fora não há coisa alguma que possa lhe dar o eterno, o supremo, a verdade que pode saciar sua sede.
E isso se aplica a você da mesma maneira. Simplesmente feche seus olhos e olhe silenciosamente, profundamente, e ela (a Verdade) está ali. Ela tem estado ali pela eternidade, apenas esperando você chegar em casa.

A observação é o nosso segredo. A Iluminação não é algo que você possa trazer de fora; você tem de investiga-la dentro de você mesmo. Abandone toda a lógica, toda a racionalidade, toda a mente, e vá para dentro tão profundamente quanto puder. No final de sua procura você encontrará o Buda.

Por estranho que pareça, mesmo hoje, vinte e cinco séculos após Buda, a meditação é ainda um conceito oriental. É ainda apenas no oriente que as pessoas se tornam sedentas por investigar o interior.
Meu esforço é destruir a distinção entre Oriente e Ocidente. Vocês precisam levar o fogo da meditação para casa - para seus familiares e amigos. Apenas pequenos começos, e logo esse fogo pode se espalhar rapidamente.
Exceto pela meditação, não há maneira de conhecer a si mesmo em sua pureza, em sua completa inocência. Mas todos vocês são receptáculos do Dharma (desses ensinamentos de amor e compaixão), do princípio básico. Você pode reconhecê-lo ou não, mas você o está carregando, você está grávido dele – se você vai dar nascimento a esse conhecimento ou não, esse é um outro assunto.
Apenas um pouco de relaxamento, apenas uma pequena olhada pra dentro e as portas das imensas potencialidades se abrem. Nesse estado você não é mais um mendigo. Sem conquistar o mundo, você conquistou todo o Universo.
Mas para isso, simplesmente conquiste a você mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.