30 de nov de 2013

Viver arduamente


Sutra 47

Viver arduamente

A vida é basicamente insegura. Somente a morte é segura. "Seguro de vida" é uma espécie de contradição; só pode haver seguro de morte. A vida é uma aventura imprevisível. Assim, a pessoa tem de viver arduamente. A vida é perigosa; somente a morte é segura. Assim, as pessoas que querem viver protegidas morrem antes da chegada da morte, e as pessoas que querem viver sem nenhum perigo não vivem absolutamente.

Vida significa perigo, vida significa risco. Vida significa ir sempre do conhecido para o desconhecido, de um pico a outro, sempre escalando picos que não tinham sido escalados antes, sempre se movendo em mares "nunca antes navegados" sem nenhum mapa, sem nenhum roteiro. Somente então você vive em êxtase e, somente então, você sabe o que a vida é. Vivendo perigosamente, a pessoa torna-se íntegra. Vivendo uma vida de insegurança, a pessoa passa pelo fogo e torna-se ouro puro. O único medo de se tornar um mestre de si mesmo é entrar no desconhecido, destemidamente ou a despeito de todos os medos. Buda convida-o para uma vida árdua.

Voltar a Descoberta do Buda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.