19 de dez de 2011

Viaje sozinho


Sutra 27

Ele não se deixa ficar com aqueles que têm um lar
nem com aqueles que se extraviaram
Sem querer nada, ele viaja sozinho.

A ênfase de Buda recai muito mais no fato da sua solitude: Ele quer que você fique ciente dela. Uma vez que esteja ciente dela, você ficará surpreso com a beleza, com a alegria dela.
Você não ficará assustado; você se regojizará com ela, porque há uma liberdade, há um êxtase, há uma pureza e uma inocência nela. E por que ansiar por segurança?

A vida é insegura por natureza; assim, trata-se de simples lógica: os que querem ser mais vivos têm de viver na insegurança. Quanto maior a insegurança, maior será a vivacidade.

Voltar a Descoberta do Buda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.