19 de set de 2011

Bárbara peituda

Bárbara peituda está para ser submetida a uma operação redutora.
Foi preparada e conduzida numa maca, ao longo do corredor, até a porta da sala de cirurgia, onde a enfermeira a deixou para checar se a equipe de assistentes estava pronta.
A enfermeira tinha acabado de deixá-la, quando um jovem de avental branco aproximou-se da maca. Levantando o lençol, começou a examinar o corpo nu de Bárbara, muito cuidadosamente. Inclina a cabeça reflexivamente e vai embora.
Então, chega um segundo homem de avental branco, levanta o lençol e a examina também.
Mas quando um terceiro homem, similarmente vestido, chega e faz o mesmo, Bárbara fica impaciente: "Está tudo muito bem examinarem-me", diz ela irritada, "mas quando vão começar a operação?"
"Não tenho a menor idéia", responde o homem, "estamos pintando o corredor."


Piada contada no dia 27 de maio de 1988 
após a palestra: Os bambus falam

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.