29 de out de 2010

Passividade


Observe toda agitação, toda inquietação em sua mente... 
Ser passivo é estar completamente tranqüilo, sem nenhuma meta, sem nenhum esforço, sem nada para fazer
Não se tem de escolher nada.
Não se é incomodado absolutamente.
As coisas acontecem, mas levam um tempo muito longo.
Neste mundo moderno onde a velocidade é tão valiosa e o tempo parece ser tão curto, as pessoas precisam de tudo imediatamente.
A passividade será muito difícil, pois as pessoas não estão conscientes de suas responsabilidades.
Elas estão procurando alguém para guiá-las.
Elas sempre foram guiadas desde a infância.
Sempre lhes disseram para fazer isso e não aquilo e nunca foram deixadas em paz.
Ninguém confiava nelas e todo mundo estava pronto para lhes dar conselhos, assim, elas se tornaram dependentes.
Se vc não disser a elas para fazerem algo, elas não farão, porque estão esperando que alguém lhes diga alguma coisa.
Estão procurando pela figura do Pai.
Toda a busca parece ser pela figura do Pai, alguém que pareça ser poderoso, alguém que pelo menos finja conhecer, alguém que tenha aura de conhecimento ao seu redor.
Na verdade quando não há ninguém para lhes dizer o que fazer, elas se sentem perdidas, porque não sabem nada.
Perderam suas próprias âncoras... Não têm coração próprio e nenhuma consciência.
Necessitam de cada detalhe: Onde sentar, como sentar, o que fazer, o que não fazer, em detalhes.
A passividade é maravilhosa quando a pessoa é responsável.
Se vc compreende suas responsabilidades, então ninguém precisa orientá-lo, direcioná-lo, porque a vida é sua e vc se sente responsável.
Assim, qualquer coisa que vc quiser fazer, vc faz.
A vida não é de mais ninguém.
Se vc a desperdiça, desperdiça a sua vida.
Se vc é criativo, é criativo com sua vida.
A miséria é sua, a felicidade é sua.
Quando uma pessoa compreende isso, ela se torna madura, pronta.
Mas normalmente as pessoas não estão maduras.
Estão presas em algum ponto da infância.
Mais cedo ou mais tarde teremos que nos tornar passivos, mas vc precisa se esforçar...
Então assuma, desde já, responsabilidades por sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.